Baphon!

03/11/2020
- Por Diego Bittencourt

Fila, soberba e muita gritaria

Lógico que para toda regra há exceção, mas, definitivamente, o aracajuano não está acostumado com filas de espera em bares e restaurantes, o que é mais do que comum em outras capitais brasileiras e do mundo com locais disputados. Vamos ao caso Talhado. Todo fim de semana é a mesma coisa. Ou chega cedo para pegar uma mesa na área externa e espera sentado até a hora da boate abrir, ou fica na fila do lado de fora do local em pé. E aí começa a gritaria da turma mais histérica. O BDB ficou sabendo que sábado passado um sergipano que reside em outro estado, e que estava aqui visitando amigos e familiares, deu o maior escândalo na frente do lugar. Gritava para todo mundo ouvir que ‘eu não enfrento fila (na cidade onde mora ) imagine em Aracaju’. Um conhecido que estava dentro do Talhado e que estava se disponibilizando a ajudar a tal figura a entrar, diante da soberba do rapazinho, deu para trás e o deixou falando sozinho. Ele acabou recolhendo indo embora sem conseguir desfilar toda sua arrogância por lá. Será que ele saiu de lá, pegou um jatinho e desceu em algum hotspot de onde mora? Pelo nariz empinado tinha que ser disso para mais, muito mais. 


Tags

compartilhe

Post relacionados

Instagram